Destaques


O site whiplash relembro o momento em que deixou fãs do NIGHTWISH sem entender o que ocorreu naquela noite.veja

O NIGHTWISH começou o show em Belo Horizonte muito animado com a platéia bastante empolgada. Todos cantaram junto com eles as músicas e fizeram uma cena linda: Isqueiros e coro em “The Islander”, mas ao final de “The Poet and Pendulum” (cerca de 20 minutos de show), Anette que estava sentada no palco, se levanta e sai, deixando a platéia e seus companheiros de banda sem entender o que estava acontecendo.
Tuomas, Marco, Jukka e Emppu não pararam de tocar um segundo e Marco majestosamente assumiu os versos finais de “The Poet and the Pendulum”, em seguida a produção do show entrou no palco para conversar com os caras da banda. Marco agradeceu ao publico presente, pediu desculpas, disse que a Anette não estava bem e que eles tinham um grande respeito pelos fãs de Belo Horizonte e que iriam tocar mais duas músicas, “While your lips are still red” e o cover do MEGADETH, “Symphony of destruction”.
Após o cover, eles agradeceram aos fãs, jogaram palhetas e toalhas e saíram do palco.

CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO



COMUNICADO DA (Anette Olzon) SOBRE O OCORRIDO:


"Belo Horizonte, 11 novembro 2008.
Desde que ingressei no Nightwish, estava ciente da responsabilidade que isso representava e os obstáculos que teria que enfrentar. Sempre procurei fazer o melhor possível para estar à altura da confiança que depositaram em mim. Ser vocalista é, por si só, um trabalho que exige muito de quem o faz. Mas ser vocalista do Nightwish,encerra uma complexidade ainda maior - em função do alto nível técnico do grupo, mas também pela própria história da banda, que no momento que entrei, poderia ser considerado um dos melhores da sua carreira. Apesar de ser uma situação honrosa, quando você entra em uma banda no auge do seu sucesso, a relação com o público pode ser bastante delicada e é difícil não ser tomado por um sentimento de não querer decepcionar. Por isso, nada do que eu diga agora poderá exprimir, de fato, o meu pesar e frustração em não ter conseguido concluir nosso show em BH.

No palco, o excesso de fumaça estava irritando as minhas cordas vocais e quando minha voz deu indício de que estava se esvaindo, acabei me desesperando e tive que sair do palco. A banda tentou ganhar algum tempo para que eu me recompusesse, mas não havia como retornar, pois não conseguia mais cantar. Eu mesma não entendi porque minha voz desapareceu. Creio que tenha sido um surto de fundo emocional devido a preocupação de não querer decepcionar naquele momento, pois todos nós planejávamos fechar a turnê do Dark Passion Play com chave de ouro aqui na América do Sul. Além disso, os rapazes da banda sempre tiveram uma relação especial com o Brasil e sempre descreveram o público brasileiro como o mais entusiasmado e receptivo do mundo.
Gostaria de pedir desculpas, de todo o coração, à todos que estiveram no show de Belo Horizonte e dizer que, de maneira alguma, foi descaso de minha parte e que o meu desapontamento é maior ainda por ter decepcionado fãs brasileiros, que são tão caros à banda. Espero que vocês possam me dar uma nova oportunidade para concluir aquilo que, dessa vez, não consegui fazer da maneira que gostaria de ter feito, mas que é a grande paixão da minha vida: cantar!

Anette Olzon"



Setlist do show foi bem PEQUENO:
Intro + Bye bye beautiful
Whoever brings the Night
The Siren
Dead to the World
Amaranth
The Islander
The Poet and the Pendulum
While your lips are still red
Symphony of destruction

- Copyright © Deusas do Rock -